Uma análise crítica do gênero mesa-redonda no radiojornalismo: o exemplo do programa Passando a Limpo da Rádio Jornal AM/FM Recife

Karoline Maria Fernandes da Costa e Silva, Heitor da Costa Lima Rocha

Resumo


O presente trabalho discute o gênero “mesa-redonda” no radiojornalismo, tomando como corpus o quadro Passando a Limpo, veiculado de segunda a sexta-feira no programa Super Manhã, da Rádio Jornal AM/FM do Recife. Investiga os critérios de notícia no produto em questão e seu distanciamento das boas práticas do jornalismo. Lança mão, na base teórica, de produções dos /as pesquisadores/as de Rádio e Mídia Sonora, revisitando ainda as teorias do jornalismo e o papel do radiojornalismo na construção social da realidade. Recorre a uma combinação de métodos: estudo de caso, observação participante e revisão bibliográfica. Suas principais conclusões são: distanciamento do rigor jornalístico e doutrina da objetividade, evidenciando sério comprometimento da notícia radiofônica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Karoline Maria Fernandes da Costa e Silva, Heitor da Costa Lima Rocha

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Rádio-Leituras. Programa de Pós-Graduação em Comunicação (UFOP). Grupo de Pesquisa Convergência e Jornalismo. ISSN 2179-6033