Desenhos sob desenhos, jogo e resistência: William Kentridge e Jacques Derrida

Alice Mara Serra, Leíner de Carvalho Hoki

Resumo


Nossa pesquisa propôs uma aproximação entre o pensamento desconstrutivo de Jacques Derrida e a produção artística de William Kentridge. O intuito foi analisar pontos de contato, intersecções e limites em que ambas as produções, quais sejam, teórico-filosófica do primeiro e visual-cinematográfica do segundo, são frutíferas para se pensar questões que concernem à arte contemporânea, no âmbito denominado por Derrida de artes do espaço. A aproximação se deu principalmente entre tópicos de pensamento trabalhados por Derrida – quais sejam, especialmente: traço e rastro, jogo, bricolagem e resistência – e a série de curta-metragem em animação de William Kentridge, Nine Drawings for Projection, produzidos entre 1989 e 2003.

Palavras-chave


Jacques Derrida, William Kentridge, desenho, bricolagem, cinematografia

Texto completo:

PDF

Referências


CHRISTOV-BAKARGIEV, Carolyn. William Kentridge. Bruxelas: Societé des Expositions du Palais des beaux-Arts, 1998.

DERRIDA, Jacques. A Escritura e a Diferença. Trad. Maria Beatriz Marques Nizza da Silva, Pedro Leite Lopes e Pérola Carvalho. São Paulo: Perspectiva, 2011.

DERRIDA, Jacques. A Estrutura, o Signo e o Jogo no Discurso das Ciências Humanas. In: A Escritura e a Diferença. Trad. Maria Beatriz Marques Nizza da Silva, Pedro Leite Lopes e Pérola Carvalho. São Paulo: Perspectiva, 2011, p. 407-434.

DERRIDA, Jacques. Gramatologia. Trad. Miriam Schneiderman e Renato Janini Ribeiro. São Paulo: Perspectiva, 1973.

DERRIDA, Jacques. A Voz e o Fenômeno: introdução ao problema do signo na filosofia de Husserl. Trad. Lucy Magalhães. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1994.

DERRIDA, Jacques. Artes espaciais: uma entrevista com Jacques Derrida. In: Pensar em não ver – escritos sobre as artes do visível (1979-2004). Org. Ginette Michaud, Joana Masó, Javier Bassas. Trad. Marcelo Jacques Moraes. Florianópolis: Ed. Da UFSC, 2012, p. 17-61.

DERRIDA, Jacques. Che cos'è la poesia. In: Inimigo Rumor n.10. Trad. Tatiana Rios e Marcos Siscar. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2001, p. 113-116.

DERRIDA, Jacques. Freud e a cena da escritura. In: A Escritura e a Diferença. Trad. Maria Beatriz Marques Nizza da Silva, Pedro Leite Lopes e Pérola Carvalho. São Paulo: Perspectiva, 2011, p. 289-338.

DERRIDA, Jacques. La différance. In: ___. Marges de la philosophie (1972). Paris: De Minuit, 1972, p. 3-29.

DERRIDA, Jacques. Le parergon. In: ___. La verité en peinture. Paris: Flammarion, 1978, p. 44-94.

DERRIDA, Jacques. Memórias de Cego. O auto-retrato e outras ruínas. Trad. Fernanda Bernardo. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2010.

DERRIDA, Jacques. Os debaixos da pintura, da escrita e do desenho: suporte, substância, sujeito, sequaz e suplício. In: ___. Pensar em não ver – escritos sobre as artes do visível (1979-2004) Org. Ginette Michaud, Joana Masó, Javier Bassas. Trad. Marcelo Jacques Moraes – Florianópolis: Ed. Da UFSC, 2012, p. 279-296.

DERRIDA, Jacques. Pensar em não ver. In: Pensar em não ver – escritos sobre as artes do visível (1979-2004) Org. Ginette Michaud, Joana Masó, Javier Bassas. Trad. Marcelo Jacques Moraes – Florianópolis: Ed. Da UFSC, 2012, p. 63-90.

DERRIDA, Jacques. Rastro e arquivo, imagem e arte. Diálogo. In: ___. Pensar em não ver – escritos sobre as artes do visível (1979-2004) Org. Ginette Michaud, Joana Masó, Javier Bassas. Trad. Marcelo Jacques Moraes – Florianópolis: Ed. Da UFSC, 2012. p. 91-144.

DERRIDA, Jacques. Violence et Métaphysique. Essai sur la pensée d’Emmanuel Levinas. In: L’écriture et la différence. Paris: Du Seuil, 1967, p. 117-228.

DUQUE-ESTRADA, P. C. Derrida e a escritura. In: ___. Às margens. A propósito de Derrida. Editora PUC RIO e Edições Loyola, 2002.

KENTRIDGE, William. ‘Fortuna’: neither programme nor chance
in the making of images. In: CHRISTOV-BAKARGIEV, Carolyn. William Kentridge. Bruxelas:
Societé des Expositions du Palais des beaux-Arts, 1998.

KENTRIDGE, William. ‘Fortuna’: neither programme nor chance in the making of images. Cycnos. v. 11, n. 1. 1994, p. 163-168.

KENTRIDGE, William. Felix in Exile - Drawings for Projection. Filme de animação em 35 mm transferido para vídeo [cor, som], 8:43 min. Edição: Angus Gibson. Criação sonora: Wilbert Schübel. Música: Philip Miller, “trio para cordas para felix in exile” [intérpretes: Peta-Ann Holdcroft, Marjan Vonk-Stirling e Jan Pustejovsky]; Motsumi Makhene, “go tlapsha didiba” [interpretado por Sibongile Khumalo]. 1994. Acervo: Marian Goodman Gallery, Nova Iorque, e Goodman Gallery, Johannesburg.

KENTRIDGE, William. Mine - Drawings for Projection. .Filme de animação em 16 mm transferido para vídeo [cor, som], 5:50 min. Edição: Angus Gibson. Música: Antonin Dvorák, concerto para violoncelo em si menor, op. 104. Produção: Free filmmakers co-operative, Joanesburgo. 1991. Acervo: Marian Goodman Gallery, Nova Iorque, e Goodman Gallery, Johannesburg.

KENTRIDGE, William. William Kentridge: pheripheral thinking. Yale University Art Gallery, Yale University, 2015. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=79FuROwzRvs Acesso em: 23/01/2017

LÉVI-STRAUSS, Claude. La Pensée Sauvage. Paris: Pocket, 1990.

SERRA, Alice M. A ‘restância’ do traço e a desconstrução da origem na estética quase-transcendental de Jacques Derrida. Artefilosofia (UFOP), v. 10, p. 120-134, 2011.

SERRA, Alice M. Imagem e suporte: Fenomenologia e desconstrução. Ekstasis: Revista de Hermenêutica de Fenomenologia, v. 3, p. 25-42, 2014.

TOMKINS, Calvin. Linhas de Resistência: a magia rude de William Kentridge. In: Serrote. n. 5. Trad. Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Instituto Moreira Salles, 2010, p. 51-75.

TONE, Lilian. O presente contínuo de William Kentridge. In: William Kentridge: Fortuna. Org. Lilian Tone; trad. José Rubens Siqueira e Rafael Mantovani. São Paulo: Instituto Moreira Salles: Pinacoteca do Estado; Porto Alegre, RS: Fundação Iberê Camargo, 2012, p. 8-15.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Artefilosofia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ArteFilosofia - Publicação Semestral

Revista de Estética e Filosofia da Arte do Programa de Pós-graduação em Estética e Filosofia da Arte - UFOP

ISSN: 2526-7892 (on-line)

ISSN: 1809-8274 (impresso)

Qualis CAPES: B1 (Filosofia)

Endereço de contato: revista_artefilosofia@yahoo.com.br