A hermenêutica e seus excessos: a crítica de Gumbrecht a Vattimo

Fabio Caprio Leite de Castro, Sabrina Ruggeri

Resumo


Este trabalho pretende realizar uma confrontação entre as obras de Vattimo e Gumbrecht, tomando para isso um horizonte de fundo que os assemelha enquanto atores de um duplo compartilhamento: tanto da herança heideggeriana, como de um mesmo projeto crítico-filosófico que os torna intérpretes da cultura contemporânea. As divergências estruturantes desta confrontação, as quais devem servir de guia para nossa análise comparativa, contudo, vêm à frente nas diferentes reações assumidas por cada um dos autores diante do conceito heideggeriano de história do Ser [Seinsgeschichte] – especialmente no que tange à compreensão da estrutura da experiência do Ser – e, como consequência, o entendimento de cada um quanto à hermenêutica e o seu significado para uma crítica da cultura. A última temática a ser extraída deste diálogo, por fim, reside na essencial diferença da compreensão de Vattimo e Gumbrecht quanto ao modo de superar a metafísica na contemporaneidade: se pela via da assunção de um niilismo hermenêutico, ou então se numa procura pela presença outrora esquecida das coisas.


Palavras-chave


Hermenêutica; presença; Gumbrecht; Vattimo

Texto completo:

PDF

Referências


GUMBRECHT, Hans Ulrich. Atmosfera, ambiência, Stimmung: sobre um potencial oculto na literatura. Tradução de Ana Isabel Soares. Rio de Janeiro: Contraponto; Ed. PUC-Rio, 2014.

________. Graciosidade e estagnação: ensaios escolhidos. In: VILLAS BOAS, Luciana (Org.). Tradução de Luciana Villas Bôas e Markus Hediger. Rio de Janeiro: Contraponto; Ed. PUC-Rio, 2012.

________. Nosso amplo presente: o tempo e a cultura contemporânea. Tradução de Ana Isabel Soares. São Paulo: Unesp, 2015.

________. Produção de presença: o que o sentido não consegue transmitir. Tradução de Ana Isabel Soares. Rio de Janeiro: Contraponto; Ed. PUC-Rio, 2010.

HEIDEGGER, Martin. “A origem da obra de arte”. In: MOOSBURGER, L. B. “A origem da obra de arte” de Martin Heidegger: tradução, comentário e notas. Curitiba: UFPR, 2007. 149 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Programa de Pós-Gradução em Filosofia, Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2007, p. 2-80.

________. Contribuições à filosofia: do acontecimento apropriador. Tradução de Marco Antonio Casanova. Rio de Janeiro: Via Verita, 2015.

RUGGERI, Sabrina. “O choque do insuspeitado: Heidegger e a verdade da obra de arte”. Peri, Florianópolis, v. 7, n. 2, p. 120-135, 2015.

________. “Substancialidade e presença: acenos de Gumbrecht para o conceito heideggeriano de ser”. Kínesis, Marília, v. 7, n. 13, p. 117-132, jul. 2015.

SCOPINHO, Sávio Carlos Desan. Filosofia e sociedade pós-moderna: crítica filosófica de G. Vattimo ao pensamento moderno. Porto Alegre: Edipucrs, 2004.

TEIXEIRA, Evilásio Borges. A fragilidade da Razão: pensiero debole e niilismo hermenêutico em Gianni Vattimo. Porto Alegre: Edipucrs, 2013.

VATTIMO, Gianni. “Dialetica, differenza, pensiero debole”. In: VATTIMO, Gianni; ROVATTI, Pier Aldo (Org.). Il pensiero debole. Milão: Feltrinelli, 1992.

________. Etica de la interpretación. Tradução de José Luis Etcheverry. Buenos Aires: Paidos, 1992.

________. Introdução a Heidegger. Tradução de João Gama. Lisboa: Piaget, 1996.

________. La fine de la modernità. Milão: Garzanti, 1985.

________. La società trasparente. Milão: Garzanti, 1989.

________. Les aventures de la différence. Tradução de Pascal Gabellone et al. Paris: Minuit, 1985.

________. Oltre l’interpretazione. Roma: Laterza, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Artefilosofia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ArteFilosofia - Publicação Semestral

Revista de Estética e Filosofia da Arte do Programa de Pós-graduação em Filosofia - UFOP

ISSN: 2526-7892 (on-line)

ISSN: 1809-8274 (impresso)

Qualis CAPES: B1 (Filosofia)

Endereço de contato: artefilosofia.defil@ufop.edu.br 

ArteFilosofia – Biannual Journal

Journal of Aesthetic and Philosophy of Art. Graduation Program on  Philosophy – UFOP

ISSN: 2526-7892 (on-line)

ISSN: 1809-8274  (print)

Qualis CAPES: B1 (Philosophy)

Contact: artefilosofia.defil@ufop.edu.br