A arte e a vida: interseções

Noéli Ramme

Resumo


Este trabalho pretende falar da existência ou não de limites na arte a partir de uma visada sobre a situação contemporânea. A superação dos gêneros artísticos ocorrida com a substituição da artesania pelo trabalho com o conceito, ocorridas no começo do século XX pode ser tomada como o início de um processo de abertura total do campo da arte, que parece ser irreversível e definitivo. Essa abertura pode ser entendida, no sentido duchampiano, como uma expansão sem limites do conceito arte, mantendo, no entanto, a distinção entre a arte e a vida, mas pode ser entendida também como uma superação dos limites entre a arte e a vida. A segunda posição nos leva a refletir sobre a relação entre a arte e a vida, sobre os limites entre elas e sobre a possibilidade, ou necessidade, de superá-los.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista ArteFilosofia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ArteFilosofia - Publicação Semestral

Revista de Estética e Filosofia da Arte do Programa de Pós-graduação em Filosofia - UFOP

ISSN: 2526-7892 (on-line)

ISSN: 1809-8274 (impresso)

Qualis CAPES: B1 (Filosofia)

Endereço de contato: artefilosofia.defil@ufop.edu.br 

ArteFilosofia – Biannual Journal

Journal of Aesthetic and Philosophy of Art. Graduation Program on  Philosophy – UFOP

ISSN: 2526-7892 (on-line)

ISSN: 1809-8274  (print)

Qualis CAPES: B1 (Philosophy)

Contact: artefilosofia.defil@ufop.edu.br