Cálculo mental em questão: fundamentação teórica e reflexões

Keli Cristina Conti, Laís Macedo de Almeida Nunes

Resumo


Este artigo é resultado de um projeto de Iniciação Cientifica e contempla uma pesquisa bibliográfica na qual foram levantadas informações de artigos e documentos sobre o “cálculo mental”. Esta publicação tem como objetivo entrelaçar diferentes aspectos teóricos sobre essa temática. Foram exploradas a definição de cálculo mental, bem como estratégias para desenvolvê-lo. Além disso, são apresentadas vantagens que essa prática pode oferecer aos estudantes. A partir do estudo, pudemos refletir sobre a importância de se trabalhar o cálculo mental em todos os anos da escola básica. Em conclusão, salientamos a relevância dessa temática ser trabalhada não só com estudantes, mas também na formação de professores, para que esses possam refletir sobre essa modalidade de cálculo e, consequentemente, incentivar sua prática em sala de aula.

Palavras-chave: Educação Matemática. Cálculo Mental. Ensino de Matemática. Escola Básica.


Mental calculation in question: theoretical basis and reflections

 

Abstract: This article is the result of a Junior Researcher Program that collected bibliographical research data surveying information in articles and documents related to "mental calculation". The objective of this article is to interweave different aspects of this subject, according to the perspective of several authors. It explored the definition of mental calculation as well as strategies to develop it. In addition, different advantages that this practice can offer students have been presented. From this study, we could reflect on the importance of using mental calculation in all years of school. In conclusion, we emphasize the relevance of this theme for students and future teachers, so that they can reflect on this modality of calculation and consequently encourage their practice in the classroom.

Keywords: Mathematics Education. Mental Calculation. Mathematics Teaching. Basic school.


Cálculo mental en cuestión: fundamentación teórica y reflexiones

 

Resumen: El presente artículo es el resultado de un primer proyecto de iniciación científica, en el que se contempla una investigación bibliográfica de artículos y documentos informaciones sobre el "cálculo mental". Esta publicación tiene como objetivo analizar y entrelazar diferentes aspectos de la temática susodicha, de acuerdo con diferentes autores. Se exploraron la definición de cálculo mental, así como estrategias para desarrollarlo. Además, se presentaron diferentes ventajas que esta práctica puede ofrecer a los estudiantes. A partir del estudio, pudimos reflexionar sobre la importancia de trabajar el cálculo mental durante el transcurso de la primaria o escuela básica. Y a modo de conclusión, subrayó la relevancia de esta temática ser trabajada no sólo con estudiantes, sino también en la formación de docentes, para que puedan reflexionar sobre esa modalidad de cálculo y consecuentemente incentivar su práctica en el aula.

Palavras chave: Educación Matemática. Cálculo Mental. Enseñanza de Matemáticas. Escuela Básica.

Texto completo:

PDF

Referências


AARAUJO, Denise; SOARES, Eduardo. Calculadoras e outras geringonças na escola. Presença Pedagógica, Belo Horizonte, v. 8, n. 47, p. 22-35-27, set./out., 2002.

BIGODE, Antônio José Lopes; GIMENEZ, Joaquim. Metodologia para o ensino da aritmética: competência numérica no cotidiano. São Paulo: FTD, 2010.

BOURDENET Gilles. Le calcul mental. Activités Mathématiques et Scientifiques, Strasbourg, n. 61, p. 5-32, 2007.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Guia de Livros Didáticos: Matemática – anos finais do Ensino Fundamental. Brasília: MEC/FNDE, 2017b.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Guia de Livros Didáticos: Matemática – Ensino Médio. Brasília: MEC/FNDE, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular: Ensino Médio. Brasília: MEC, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEB, 2017a.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília: MEC/ SEF, 1997.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BROCARDO, Joana. Uma linha de desenvolvimento do cálculo mental: começando no 1º ano e continuando até ao 12º ano. ENCONTRO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA. Actas do PROFMAT2011. Lisboa: Associação de Professores de Matemática (APM), 2011, p. 1-13.

CARVALHO, Raquel. Calcular de cabeça ou com a cabeça? In: ENCONTRO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA. Actas do PROFMAT2011. Lisboa: Associação de Professores de Matemática (APM), 2011, p. 1-8.

FIORENTINI, Dario; LORENZATO, Sérgio. Investigação em Educação Matemática: percursos teóricos e metodológicos. Campinas: Autores Associados, 2006.

FONTES, Cintia Gomes da. O valor e o papel do cálculo mental nas séries iniciais. 2010. 220f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação. Universidade de São Paulo, São Paulo.

GENTILE, Paola. Cálculo mental: contas de cabeça e sem errar. Nova Escola, São Paulo, 7 mar. 2018.

GOMES, Maria Laura Magalhães. O cálculo mental na história da Matemática escolar brasileira. IN: IX ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. Anais do IX ENEM: Diálogos entre a Pesquisa e a Prática Educativa. SBEM, 2007, p. 1-16.

GONÇALVES, Maria José Santana Vieira; FREITAS, José Luiz Magalhães. O cálculo mental como ferramenta e objeto durante o estudo de proporcionalidade por alunos do 7º ano do Ensino Fundamental. In: XII ENCONTRO BRASILEIRO DE ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. Anais do XII EBRAPEM. Rio Claro, UNESP, 2008, p. 1-10.

GUIMARÃES, Sheila Denize; FREITAS, José Luiz Magalhães de. Um olhar sobre o papel do cálculo mental para a aprendizagem de conceitos matemáticos nos anos iniciais do Ensino Fundamental. IN: IX ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. Anais do IX ENEM: Diálogos entre a Pesquisa e a Prática Educativa. SBEM, 2007, p. 1-11.

HOLANDA, Aurélio Buarque de. Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa. 5. ed. Curitiba: Positivo, 2014.

PARRA, Cecilia. Cálculo mental na escola primária. In: PARRA, Cecilia; SAIZ, Irma. Didática da Matemática: reflexões psicopedagógicas. Tradução de Juan Acuña Llorens. Porto Alegre: Artmed, 1996, p.186-235.

PONTE, João Pedro da; BRANCO, Neusa; MATOS, Ana. Álgebra no ensino básico. Lisboa: DGIDC, 2009.

RIBEIRO, Raquel. Cálculo mental: quanto mais diversos os caminhos, melhor. Nova Escola, São Paulo, 1 abr. 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.33532/revemop.v1n3a02

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 Revemop está licenciada sob Creative Commons