Notícias

NOVAS REGRAS PARA 2021

A revista Artefilosofia comunica duas importantes notícias.

A primeira é que adotaremos, a partir do próximo ano, o sistema de publicação contínua, conhecido como Rolling Pass. Nesse sistema os artigos são publicados tão logo o seu processo de editoração tenha finalizado, sem a necessidade da espera por uma data pré-fixada de publicação. No sistema de publicação contínua (Rolling Pass) a edição permanece aberta durante todo o ano, promovendo maior agilidade de editoração, publicação e disseminação do conhecimento. 

A segunda é que as `"Condições para Submissão", "Padrões de Formatação", "Padrões Bibliográficos" e "Padrões de Citação" foram atualizados. A atualização tem como fundamento as normas da ABNT e atende aos padrões de métrica de citação mais adequados às atuais ferramentas de indexação. As regras passarão a valer a partir do próximo ano, o que significa que as próximas submissões, desde já, deverão ter seus textos adequado `às normas presentes na aba SOBRE > SUBMISSÃO. 

Agradeço a todos a compreensão,

Att. 
Ricardo M. Nachmanowicz
Editor Artefilosofia

  • Chamada de Artigos / O conceito de material musical: definições e narrativas possíveis

    2021-09-18

    Concebido, em geral, como o âmbito que possibilita a estruturação musical, ou mesmo como a matéria prima [Werkstoff] da obra musical, o conceito de material musical, longe de possuir sentido unívoco, é, ao contrário, objeto de diversas reflexões teóricas, que, por sua vez, têm constituído diversas propostas interpretativas no âmbito da estética musical. Podendo ser compreendido desde aquilo que seria o mais elementar à música, a saber, o som (cf., p. ex., HEGEL, 2002, p. 279; SCHOENBERG, 1978, p. 19), ou como uma esfera necessariamente constituída e mediada pela história (cf., p. ex., ADORNO, 1997, p. 433, 434), as diversas transformações artísticas e culturais das últimas décadas, por outro lado, têm apontado continuamente para novas e múltiplas possibilidades de se pensar a respeito do conceito. Autores como Leonard Meyer, por exemplo, tem argumentado que as transformações na ideologia ocidental, que possibilitaram a constituição de uma consciência da diversidade mais efetiva, tem iniciado uma ruptura com compreensões musicais modernistas que se baseiam em atitudes proibitivas, na medida em que na contemporaneidade tornou-se viável fazer “uso de obras de arte anteriores como fontes de materiais, padrões relacionais e procedimentos e normas sintáticas” (MEYER, 1994, p. 188). Outrossim, autoras(es) como Marie-Elisabeth Duchez, Tod Machover e Herry Lehmann, que igualmente buscam compreender as transformações referentes à contemporaneidade, têm pensado sobretudo sobre as crescentes inovações tecnológicas das últimas décadas, ou, mais especificamente, sobre como estas têm afetado ampla e diretamente a composição musical. Segundo estas(es) autoras(es) (cf. p. ex. DUCHEZ, 1991, p. 64; LEHMANN, 2017, p. 50; MACHOVER, 1985, p. 90), as inovações tecnológicas tem exercido uma forte influência tanto na criatividade do compositor quanto nas possibilidades objetivas de experimentações e estruturação de formas musicais, o que, por conseguinte, tem possibilitado novas definições, interpretações e perspectivas acerca da noção de material musical. No entanto, tendo em vista tal diversidade de definições e perspectivas possíveis sobre o conceito de material musical, certamente poderíamos elaborar algumas questões sobre o tema: o que seria o material musical hoje? É possível defender uma única perspectiva a respeito desta concepção como a mais adequada na atualidade? O que esta concepção hoje deve levar em consideração para avaliar e compreender de modo coerente a pluralidade de perspectivas concretas e históricas no que diz respeito à composição musical? De que maneira ou até que ponto as concepções modernistas, vanguardistas, pós-modernas e/ou contemporâneas sobre a obra musical são relevantes, ou mesmo determinantes, para a compreensão e definição do conceito de material musical na atualidade? Ao sugerir tais questões como norteadoras para as reflexões, convidamos, então, musicistas, filósofas(os) e teóricas(os) em geral interessadas(os) em estética musical a enviarem artigos, resenhas ou traduções que tenham como temática o conceito de material musical.

    Prazo para a submissão: 22/11/21

    ORGANIZADORES:


    Walter Romero Menon Junior (UFMG)
    João Paulo Costa do Nascimento (UNESP)
    Luis Filipe de Lima Andrade (UFMG)

    // As submissões devem estar em conformidade com as "condições para submissão", "diretrizes para autores", "padrões de formatação e "padrões bibliográgicos e citações" da revista Artefilosofia que podem ser consultadas na página <https://periodicos.ufop.br/raf/about/submissions>. //

    Saiba mais sobre Chamada de Artigos / O conceito de material musical: definições e narrativas possíveis
  • Edital / Proposta de Dossiê

    2021-08-09

    A revista Artefilosofia convida toda a comunidade artística e filosófica, bem como estetas de todas as áreas, a inscreverem projetos de Dossiê. O prazo para envio de propostas começa no dia 02/08/2021 e termina no dia 01/11/2021.

    As propostas serão julgadas pelo corpo editorial da revista Artefilosofia de acordo com os seguintes critérios: (1) Adequação à linha de Estética e Filosofia da arte, (2) Atualidade e relevância do tema e (3) Abertura a colaborações internacionais. 

    Os projetos aprovados terão as chamadas para submissões agendadas de acordo com o calendário da revista.

    No projeto devem constar Título, Texto da chamada para submissões (português e inglês) e Nome dos organizadores. São atribuições dos organizadores acompanhar e avaliar os artigos submetidos, segundo critérios da revista, designar pareceristas e definir a ordem e a arte de capa da publicação.

    Desde já agradecemos.


    Att.

    Ricardo M. Nachmanowicz

    Saiba mais sobre Edital / Proposta de Dossiê
  • Edital / Proposta de Dossiê

    2021-08-09

    A revista Artefilosofia convida toda a comunidade artística e filosófica a inscrever projetos de Dossiê. O prazo para envio de propostas começa no dia 09/08/2021 e ficará aberto até que sejam selecionados pela equipe editorial da revista dois projetos.

    As propostas serão julgadas pelo corpo editorial da revista Artefilosofia, de acordo com os seguintes critérios: (1) Adequação à linha de Estética e Filosofia da arte, (2) Atualidade e relevância do tema e (3) Abertura a colaborações internacionais. 

    Os projetos aprovados terão as chamadas para submissões agendadas de acordo com o calendário da revista.

    No projeto devem constar Título, Texto da chamada para submissões (português e inglês) e Nome dos organizadores. São atribuições dos organizadores acompanhar e avaliar os artigos submetidos, segundo critérios da revista, designar pareceristas e definir a ordem e a arte de capa da publicação.

    Desde já agradecemos a atenção


    Att.

    Ricardo M. Nachmanowicz

     

     

    Saiba mais sobre Edital / Proposta de Dossiê
  • CALL FOR PAPERS ARTEFILOSOFIA JOURNAL: AFRICAN AESTHETIC DOSSIER

    2019-04-03

    In the history of Africa are involved events of invasion, rape, enslavement, plundering of natural wealth and robbery of artistic heritage. These actions, practiced for centuries, were sustained by the white belief of "superiority" committed to constructing an ideological discourse, supported by a discourse that scientifically attributed the "innate inferiority" of the Black African.

    Deadline for submission: 14/09/2019.

    Saiba mais sobre CALL FOR PAPERS ARTEFILOSOFIA JOURNAL: AFRICAN AESTHETIC DOSSIER
  • Adiamento da Chamada de artigos da Revista Artefilosofia: Dossiê Estética Africana

    2019-04-03

    Na história de África estão envolvidos eventos de invasão, violação, escravização, pilhagem de riquezas naturais e roubo de patrimônio artístico. ais ações, praticadas durante séculos, foram sustentadas pela crença branca de “superioridade” empenhada em construir um discurso ideológico, apoiado por um discurso que atribuía cientificamente a “inferioridade inata” do negro-africano.

    DATA DE ENVIO: 14/09/2019

    Saiba mais sobre Adiamento da Chamada de artigos da Revista Artefilosofia: Dossiê Estética Africana
  • Call for papers: Artefilosofia Journal n. 26 / Dossier: Vilém Flusser, Walter Benjamin – the technical ambiguities

    2018-06-19

    In different moments of his work, Walter Benjamin reflects upon the question of technology and related issues such as work as the mediation between man and nature, conducting his critical analysis of progress. He says: “What’s the idea? to speak of progress to a world sinking into the rigidity of death. (...)

    Deadline for submission: 03/22/2019.

      Saiba mais sobre Call for papers: Artefilosofia Journal n. 26 / Dossier: Vilém Flusser, Walter Benjamin – the technical ambiguities
  • Chamada de Artigos Artefilosofia n.26 / Dossiê: Vilém Flusser, Walter Benjamin – as ambiguidades da técnica

    2018-03-18

    Walter Benjamin reflete, em diversos momentos de sua obra, sobre a questão da técnica e temas correlatos, tais como o trabalho como mediador entre o ser humano e a natureza, realizando sua crítica ao progresso.

    Data de envio do texto: 22/03/2019

    Saiba mais sobre Chamada de Artigos Artefilosofia n.26 / Dossiê: Vilém Flusser, Walter Benjamin – as ambiguidades da técnica